quarta-feira, 4 de julho de 2018

RETROCESSO: 04 EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE ARARIPINA FORAM DESCREDENCIADAS E POPULAÇÃO FICA DESASSISTIDA



Pelo não cumprimento do prazo estabelecido na Política Nacional de Atenção Básica, Araripina foi penalizada e o Ministério da Saúde descredenciou 04 Equipes de Saúde da Família, causando um enorme prejuízo ao município.
O argumento é que a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde não cumpriu alguns requisitos e a solução é não melhorar, mas extinguir a porta de entrada, o local que atende 90% dos problemas de saúde da população.
Com o descredenciamento dessas ESF’s  a saúde do município sofre um enorme prejuízo, uma vez que centenas de pessoas ficarão desassistidas.
Em sua decisão, o Ministério da Saúde argumenta que ficam descredenciadas as Equipes de Saúde da Família (ESF) dos Municípios descritos nos anexos, em razão dos descumprimentos do prazo estabelecido na Portaria de Consolidação nº 2/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, para cadastramento no Sistema Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (SCNES)

Nenhum comentário:

Postar um comentário