segunda-feira, 16 de outubro de 2017

BODOCÓ EMPREENDEDOR FORTALECE OS PEQUENOS NEGÓCIOS

Programação integra o Movimento Compre do Pequeno Negócio
Começa terça-feira (17/10), na Praça da Igreja Matriz de São José, em Bodocó, o Bodocó Empreendedor. O evento promovido pela Unidade do Sebrae no Sertão do Araripe, em parceria com a Prefeitura Municipal, acontece até o dia 19 de outubro, e integra a programação do Movimento Compre do Pequeno Negócio (MCPN), que tem o objetivo de incentivar o cliente a fazer compras perto de casa, fortalecer a economia do seu bairro e estimular o crescimento de pequenos negócios em sua região.
No estande montando na Praça da Igreja serão oferecidas gratuitamente aos empresários consultorias nas áreas de gestão financeira, design de ambiente, plano de negócios Canvas, e diversas oficinas. Para o  dia 17, estão programadas oficinas de  “Crédito Rural  no Campo”, “Liderar no Campo”, que serão realizadas das 8h às 12h; e as oficinas  “A arte de encantar o cliente” e  “Layout de loja para atrair cliente”, que acontecem a partir das 18h.
Na manhã do dia 18, a partir das 8h acontecem as oficinas “Negociar no Campo” e “Vender para o governo no campo”. Na noite do mesmo dia, às 18h, serão realizadas as oficinas “Administrando as contas de sua empresa” e “Redes Sociais como ferramenta de vendas”.
A programação será encerrada no dia 19, com as seguintes oficinas: “Controlar meu dinheiro no campo” e “Custo para produzir no campo”, ambas a partir das 8h. À noite, às 18h, fecham o Bodocó Empreendedor as palestras “Cenários e Tendências para o mercado da beleza e estética” e “Previdência Social – Orientações para o empreendedor e o agricultor”. Os interessados em participar da programação podem se inscrever no local do evento e na Sala do Empreendedor de Bodocó, localizada na Rua São Francisco, s/n, Centro.
Serviço:
Bodocó Empreendedor
Data: 17 a 19 de outubro
Local: Praça da Igreja Matriz de São José
Informações: 08005700800/ 87 3873.1708
Share Button

Fernando Filho deve ser expulso hoje do PSB

Conselho de Ética da sigla avalia nesta segunda-feira (15) processos contra o ministro e os deputados federais Danilo Forte, Fábio Garcia e Tereza Cristina, líder do partido na Câmara

Ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB)Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco
O futuro do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, e mais três dissidentes do PSB será selado em reunião do Diretório Nacional da agremiação, nesta segunda-feira (16), às 19h, em Brasília.
Alvos de processo disciplinar no Conselho de Ética, desde maio deste ano, as lideranças negociam seus passes há meses com PMDB e DEM, mas se recusam a deixar as hostes socialistas antes do prazo final para desfiliação em março do ano que vem, por receio de perder o mandato por infidelidade partidária. O processo disciplinar contra os parlamentares foi aberto por provocação dos movimentos sociais da legenda, com base no voto dos legisladores em desacordo com a posição partidária na reforma trabalhista.
Além de decidir o destino do auxiliar ministerial, os socialistas vão deliberar sobre os processos disciplinares dos deputados federais Danilo Forte (CE), Fábio Garcia (MT) e da líder da sigla na Câmara Federal, Tereza Cristina (MS).
Os quatro casos avaliados nesta segunda são os primeiros das 15 ações disciplinares analisadas no Conselho de Ética do PSB. Eles são considerados os mais graves pela cúpula partidária. A situação das lideranças foi agravada devido à proximidade do julgamento da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) no Congresso Nacional.
Os parlamentares estão alinhados ao Palácio do Planalto, contrariando a posição do PSB Nacional de oposição ao Executivo. Por ocupar cargos estratégicos na Câmara Federal, os dissidentes podem fazer a diferença na votação. Garcia e Forte são membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que julgará o parecer da denúncia contra Temer e tendem a votar contra a abertura do inquérito investigativo.
A líder Tereza Cristina tem o poder de interferir nos rumos da bancada e vem sendo pressionada a deixar o posto.
Já a situação do ministro Fernando Filho é um caso a parte, agravado pelas circunstâncias das eleições de 2018.
Pai do auxiliar ministerial, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) deixou o PSB, no mês passado, para abrir uma nova frente de oposição ao Governo Paulo Câmara. O movimento ampliou o incômodo interno do PSB com os dissidentes e reforçou a necessidade de reação do comando partidário.
Antes, o chefe do Executivo estadual e seus aliados trabalhavam para manter os Coelhos no PSB, em um esforço para evitar atropelos ao seu projeto de reeleição. 

Nove pessoas morrem e 44 ficam feridas durante feriadão nas estradas federais de PE

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre quarta-feira (11) e domingo (15), ocorreram 75 acidentes. O balanço da 'Operação 12 de Outubro' foi divulgado nesta segunda-feira (16).

Policiais federais verificaram a situação de motos durante o feriadão de 12 de outubro em Pernambuco (Foto: Divulgação/PRF)
Policiais federais verificaram a situação de motos durante o feriadão de 12 de outubro em Pernambuco (Foto: Divulgação/PRF)
Nove pessoas morreram e 44 ficaram feridas durante o feriadão de 12 de outubro nas estradas federais que cortam Pernambuco. Os dados foram divulgados, na manhã desta segunda-feira (16), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que registrou 75 acidentes, entre quarta-feira (11) e domingo (15).
De acordo com o balanço corporação, não é possível fazer comparativo com a ‘Operação 12 de Outubro de 2106’. A data de celebração do Dia de Nossa Senhora de Aparecida, Padroeira do Brasil, caiu no meio da semana.
O acidente mais grave ocorreu no sábado (14), em Garanhuns, no Agreste. Na BR-423, um carro de passeio invadiu a contramão bateu em uma carreta, deixando dois mortos e três feridos.

Números

Durante cinco dias, foram fiscalizadas 2.583 pessoas e 2.792 veículos. A PRF emitiu 1.715 autuações por diversas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro: 65 pelo não uso do cinto de segurança, 56 por ultrapassagens em local proibido, 14 pela falta da cadeirinha para crianças e seis pela ausência do capacete.
Além disso, foram registradas 1.442 imagens de radar por excesso de velocidade. Para coibir a alcoolemia, foram realizados 1.403 testes com o bafômetro. Os agentes autuaram 40 pessoas e prenderam três motoristas que estavam sob efeito de álcool. A prisão ocorre quando o índice verificado no aparelho é superior a 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.
Durante a operação também foram recolhidos 119 veículos irregulares, 144 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 38 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs).
O enfrentamento à criminalidade, por sua vez, registrou a prisão de quatro pessoas por crimes como adulteração de veículo automotor, furto/roubo de veículos e com mandado de prisão em aberto.

Saiba os benefícios do ovo para uma dieta saudável

Com diversas vitaminas, minerais e proteínas, alimento é o mais completo depois do leite materno.

Você sabia que dia 13 de outubro é o Dia do Ovo? Um dos alimentos mais completos, nutritivos, saborosos e acessíveis que fazem parte da dieta do brasileiro, ele é importante em todas as fases da vida e oferece diversos benefícios para a saúde. Versátil e de fácil preparação, pode estar presente em qualquer refeição.
Muitos não sabem, mas o ovo é o segundo alimento mais completo em termos nutricionais, atrás apenas do leite materno. Na Semana do Ovo, entidades como a Associação Avícola de Pernambuco (Avipe) buscam conscientizar a população sobre sua importância. “Queremos levar ao conhecimento da população e do consumidor que o ovo é um alimento saudável, que pode ser consumido sem risco, sem medo”, comenta o presidente da Avipe, Edival Veras de Barros Campelo Filho.
No ovo são encontradas vitaminas A, D, E, todas as do complexo B, entre outras. O alimento também é rico em minerais como ferro, zinco, cálcio, cobre, selênio, fósforo, sódio, manganês e magnésio, gorduras boas como ômega 3 e 6, e muitas proteínas.
Um desses nutrientes é a colina, fundamental para o nosso organismo em todas as idades. Dietas que incluem a vitamina são benéficas para o aumento do foco em atividades intelectuais, maior animação e disposição para a prática de exercícios.
Em média, um ovo possui 126mg de colina, o que representa quase toda a necessidade diária de uma criança até os 6 anos, e 50% do necessário para as demais idades. Ela é fundamental na composição de diversas substâncias no organismo humano e tem grandes benefícios para as atividades cerebrais. Estudos apontam que o nutriente é muito relevante para a manutenção da memória em pessoas de idade avançada, por exemplo.

O ovo na saúde da gestante

A recomendação para mulheres grávidas é de ingerirem 450mg de colina por dia, por estar ligada ao desenvolvimento do feto. O nutriente está relacionado ao fechamento do tubo neural e formação do centro de memória e hipocampo, e influenciará na estrutura cerebral com o passar dos anos. Outros nutrientes também necessários para a gestante e que o ovo pode fornecer são ácido fólico, ferro, vitamina A e selênio.
Na fase de crescimento, as crianças necessitam de muita proteína, e cada ovo pode fornecer 6g dela, com alto valor biológico, com aminoácidos essenciais para o organismo. Ele ainda ajuda no combate da anemia, muito comum nos pequenos.

Ânimo para a prática de esportes

Uma dieta balanceada é fundamental para as pessoas que praticam atividades físicas e o ovo é um grande aliado dos esportistas. Rico em vitaminas, antioxidantes, também corresponde a 20% das recomendações diárias de proteínas, algumas delas, como a albumina, importantes no crescimento e reparo dos músculos. Além disso, contribui para a disposição. “O ovo é rico em energia”, lembra Edival.

Derrubando o mito do colesterol

Para quem ainda pensa que o ovo é um vilão do colesterol, é bom saber que isso é um mito. Estudos apontam que nosso organismo absorve apenas 1/3 do colesterol presente nele. “80% do colesterol do ovo é o colesterol bom”, afirma Edival.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de um ovo por dia. No Brasil, o consumo per capita é de 200 por ano. “A gente ainda tem muito a crescer, porque além de ser nutricionalmente muito bom, é também considerado a proteína mais barata que existe”, aponta.
Uma das grandes vantagens do ovo é que ser um alimento de rápido preparo e muito versátil, fácil de ser incluso em qualquer das refeições do dia. No café da manhã ele pode ser consumido frito, cozido ou em omeletes, por exemplo. Entre os pratos mais comuns do almoço do brasileiro, como o famoso PF, o ovo aparece frito, ao lado do arroz e do feijão. O ovo ainda está presente em massas, bolos, quiches, na preparação de molhos, saladas e sobremesas. “A praticidade e a versatilidade do ovo é realmente incrível”, ressalta Edival.

Veja alguns dados sobre o ovo no Brasil:

  • O brasileiro consome 200 ovos per capita ao ano;
  • Isso corresponde a cerca de 0,5 ovos por dia. A OMS recomenda 1 ovo diário;
  • O Brasil é o sétimo maior produtor de ovos do mundo;
  • O estado de Pernambuco é o maior produtor de ovos do nordeste, com 10 milhões por dia, e o quarto maior produtor do Brasil;
  • Além da população pernambucana, os ovos produzidos no estado são enviados para toda a região nordeste e para países da Europa, Ásia, África e América Latina.

Partidos expulsam milhares, mas poupam peixes grandes

Enquanto perdoam 'peixes grandes' envolvidos em escândalos de corrupção, os partidos promovem desligamentos em massa por conta de disputa política
VEJA - Da Redação















Preso desde outubro de 2016, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha se mantém filiado ao PMDB, partido que mais expulsou (Guilherme Artigas/Fotoarena/Agência o Globo)

Os partidos políticos brasileiros fazem uma espécie de “limpa” em seus quadros, com expulsões de centenas e até milhares de filiados, de tempos em tempos. Diferentemente do que se pode pensar, essas ondas de expulsão nada têm a ver com escândalos de corrupção ou investigações criminais. Similares em todas as legendas, o que as explica é algo mais prosaico: disputas locais pelo controle da máquina partidária em anos próximos a eleições municipais.

Do total de expulsões, só 1% (541) pertence à elite política que conquistou mandatos para cargos municipais, estaduais ou mesmo federais. O levantamento não encontrou nenhum senador, governador ou presidente da República, mas foram localizados 471 vereadores, 59 prefeitos e 11 deputados estaduais que sofreram a mais alta sanção dos partidos pelos quais foram eleitos.

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que todos os partidos existentes e extintos fizeram 64 mil operações de expulsão desde 2007.

Elite
Desde o começo da Operação Lava Jato, os ditos “peixes grandes” ficaram mais em evidência. As listas dos ministros Teori Zavascki, morto neste ano, e Edson Fachin, relatores da força-tarefa, autorizaram a investigação de 49 e 63 parlamentares, respectivamente.

Também pela Lava Jato, encontram-se presos o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) e o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Enquanto eles continuam no PMDB, em 2013, um pedido de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) levou à expulsão de Natan Donadon. Ele foi condenado a 13 anos em regime fechado pelos crimes de peculato e formação de quadrilha, acusado de desviar recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia, quando a presidiu entre 1995 e 1999. Apesar de poupar grandes lideranças, a sigla que mais expulsou foi o próprio PMDB, com 8.350.
Proporcionalmente, o PSB foi o que mais expulsou, atingindo, em 2016, uma taxa de 171 a cada 100 mil filiados. 

Milionário dá US$ 10 milhões por impeachment de Trump

O empresário Larry Flynt publicou anúncio de página inteira no jornal "Washington Post" neste domingo (15) oferecendo recompensa de US$ 10 milhões para quem tiver informações que possam levar ao impeachment do presidente Donald Trump.
Flynt, publisher da revista pornográfica "Hustler", cita no anúncio motivos que explicariam porque Trump deveria sair do cargo:
"Fala mentiras descaradamente".


No anúncio, há um número de telefone para chamadas gratuitas. 

Ex-governadores querem se candidatar de novo em 2018

Folha de S.Paulo – Bruno Boghossian e Gabriela Sá Pessoa
Depois de ter governado o Paraná por 12 anos nas últimas três décadas, Roberto Requião (PMDB) pensa em se lançar nas urnas mais uma vez para comandar o Estado e dá de ombros para o discurso de renovação na política. "A novidade é bobagem", decreta. "Numa Olimpíada, você coloca o atleta experimentado."
Na contramão de previsões que apontam para uma disputa marcada pelo descrédito da política tradicional e pela profusão de novatos, o peemedebista e outros 14 ex-governadores estudam candidaturas para voltar ao cargo nas eleições de 2018.
O cenário de incerteza gerado pela crise política provocou um recuo de dirigentes partidários que pretendiam renovar seus quadros no ano que vem. O "recall" de nomes já conhecidos e o discurso da experiência voltaram a ser apostas.
Requião, que tentou voltar ao cargo de governador em 2014 e foi derrotado no primeiro turno, acredita que o cenário pode ser mais favorável agora. "Sem falsa modéstia, seria uma candidatura facílima. Acho que a opção do eleitor vai ser a seriedade e a experiência, não o novo."
Além dele, são citados como potenciais candidatos os ex-governadores André Puccinelli (PMDB), em Mato Grosso do Sul, Anthony Garotinho (PR), no Rio, Ronaldo Lessa (PDT), em Alagoas, e Renato Casagrande (PSB), no Espírito Santo, entre outros.
AVALIAÇÃO
Alguns desses nomes deixaram o cargo com boa avaliação popular, mas parte deles terá que enfrentar passivos políticos como baixa aprovação, derrotas nas eleições de seus sucessores e citações em escândalos de corrupção.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

TADEU É CONTRA MUDANÇAS PREJUDICIAIS AO CONSUMIDOR DE PLANOS DE SAÚDE

Para o deputado federal Tadeu Alencar (PSB-PE), as possíveis alterações previstas na lei de planos de saúde serão prejudiciais para os mais de 47 milhões de usuários do serviço no Brasil. De autoria do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), o projeto prevê, entre as alterações, um aumento nas mensalidades dos idosos e a proibição dos clientes em acionar o Código de Defesa do Consumidor (CDC), em caso de problemas.
“A exclusão da abrangência do CDC sobre os contratos entre operadoras e pacientes não vai aumentar a assistência aos usuários, mas sim fragilizar”, afirmou o socialista.
“Claro que temos que ter o cuidado de receber o relatório antes de fazer a crítica, mas já sabemos que esses são dois dos pontos que o relator pretende alterar na legislação dos planos de saúde, e eles são extremamente nocivos ao usuário”, lembra o parlamentar.
Alencar considera o CDC uma legislação avançada e protetiva para a cidadania brasileira. “O Código de Defesa do Consumidor garante uma assistência ao usuário, que é justamente a parte mais frágil do contrato. Sem a legislação do CDC, não há equilíbrio na relação entre contratado e contratante. Por isso, considero inaceitável e sem justificativa a inaplicabilidade do Código na relação entre prestador e usuário, que é uma relação essencialmente de consumo”, afirma.
Tadeu também enxerga a possível mudança nas mensalidades de idosos uma afronta à proteção dos vulneráveis na relação de consumo. “Um reajuste no momento em que você mais precisa do plano de saúde, necessidade essa que aumenta com a idade, é mais uma forma de fragilizar o usuário, além de aumentar um custo que já não é pequeno para essa parte da população”, lembra.
O texto final do relatório será apresentado à comissão no fim do mês de outubro. Caso se confirmem, Alencar garante que essas e outras alterações prejudiciais ao consumidor serão combatidas. “Não estamos defendendo aqui que as empresas trabalhem sem condições de ter um equilíbrio contratual, que possam ser bem remuneradas pelo seu serviço. Mas mudanças assim merecem um debate largo, e não podem atender somente ao interesse dos planos de saúde. Este equilíbrio hoje deve se fazer a favor da parte mais desprotegida”, concluiu o deputado.
Foto: Chico Ferreira/PSB na Câmara dos Deputados

ARARIPINA: JUIZ ACATA AÇÃO POPULAR E DECIDE REDUZIR SALÁRIOS DO PREFEITO E DO VICE

Por Carlos Britto
Em Araripina (PE), Sertão do Araripe, o juiz substituto Clécio Camêlo de Albuquerque deferiu uma ação popular ajuizada por André Tadeu da Mota Florêncio a qual pediu a redução salarial do prefeito Raimundo Pimentel (PSL) e do vice Bringel Filho (PSDB). O reajuste havia sido aprovado pela Câmara de Vereadores e sancionado através da Lei Municipal nº 2.812, de 16 de novembro de 2016.
A ação popular, no entanto, alega que esse dispositivo seria incompatível com a Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar Federal nº 101/2000), por ter aumentado o subsídio do prefeito e do vice nos 180 dias que antecederam o final do mandato eletivo.
Atualmente o gestor recebe R$ 22 mil, enquanto o vice, R$ 11 mil; com a decisão, passarão a receber R$ 18 mil e R$ 9 mil, respectivamente. (Foto/arquivo divulgação)

SDS - PMPE - DINTER II - 9°CIPM - ARARIPINA

AÇÃO SOCIAL DA 9ª CIPM PELO DIA DAS CRIANÇAS
O efetivo da 9ª CIPM, que fica localizada no município de Araripina, se reuniu no intuito de arrecadar brinquedos para serem distribuídos neste dia das crianças na comunidade cavalete, em Araripina, escolhida como uma das comunidades carentes do município.

A campanha foi um sucesso,Graças à Deus. 
Mais de _200 crianças _ ficaram felizes. 
Filhos e filhas de pais carentes, sabe-se que muitas delas nunca receberam algum brinquedo. 
É extremamente emocionante ver um sorriso sincero num rosto inocente de uma criança, não há nada que pague isso. 


Ações como esta aproximam cada vez mais a comunidade da polícia militar e isso é muito importante, uma vez que as crianças de hoje serão os cidadãos de amanhã.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

ALEPE - RESOLUÇÃO DE ROBERTA ARRAES CONCEDE TÍTULO DE CIDADÃO PERNAMBUCANO AO DESEMBARGADOR FAUSTO CAMPOS

Através da resolução de nº 1.485/2017, de autoria da Deputada Roberta Arraes (PSB), a Alepe concederá o título honorífico de cidadão pernambucano ao Desembargador Fausto Campos.

Nascido na Bahia, o desembargador mudou-se para Recife ainda muito jovem, onde ingressou e se formou na Faculdade de Direito.
Para a deputada Roberta Arraes, é um grande reconhecimento e uma justa homenagem.

“Sua trajetória é marcada por desempenhar importantes cargos da magistratura de Pernambuco, contribuindo com sua integridade e competência para o desenvolvimento de nosso estado. Muito honrada de ser autora dessa resolução!”, finalizou a parlamentar.


Da ASCOM

Fiscalização em estradas de PE é reforçada durante feriadão

'Operação 12 de Outubro' começa nesta quarta-feira (11) e segue até domingo (15). PRF e BPRv esperam aumento de fluxo de veículos nas rodovias que ligam o Recife ao litoral e ao Agreste.

PRF intensifica ações nas estradas que cortam Pernambuco durante o feriadão de 12 de outubro. (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
PRF intensifica ações nas estradas que cortam Pernambuco durante o feriadão de 12 de outubro. (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
Começa nesta quarta-feira (11) os trabalhos da ‘Operação 12 de Outubro’. Com ela, a Polícia Rodoviária Federal, Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e a Operação Lei Seca intensificam a fiscalização nas estradas que cortam o estado, até domingo (15). A ação no feriadão tem como objetivo ampliar a segurança de motoristas e passageiros, bem como melhorar a fluidez do trânsito e combater a criminalidade no estado.
O feriadão tem um caráter religioso. Nesta quinta-feira, serão feitas homenagens à padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida. Também estão marcados os festejos do Dia das crianças.
A movimentação de veículos em direção ao Litoral Norte e Sul deverá ser ampliada pela BR-101. Também é esperado o aumento no fluxo do interior pelas BRs 232, 104, 316, 423 e 407.
Durante as abordagens, a PRF vai verificar a validade da documentação, a presença dos equipamentos obrigatórios, o estado de conservação do veículo e se todos utilizam o cinto de segurança. No caso das crianças, é necessário adotar o dispositivo de segurança adequado para cada faixa de idade.
Até um ano, deverá ser utilizado o bebê-conforto, de costas para o motorista; de um a quatro anos, é necessário o uso da cadeirinha; e de quatro a sete anos e meio, o assento de elevação. Crianças de até 10 anos devem ser transportadas no banco traseiro, com o cinto de segurança.
No período, a PRF pretende realizar ações específicas com foco no excesso de velocidade, nas ultrapassagens indevidas e no uso irregular de motocicletas. A fiscalização da embriaguez ao volante terá o apoio de equipes da operação Lei Seca, com a utilização de bafômetros em locais estratégicos das rodovias.
O Núcleo de Operações Especiais e os Grupos de Patrulhamento Tático estarão atuando durante o feriado. A Base de Operações Aéreas da PRF e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) farão plantões para realizar resgates.