DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Câmara de Araripina

Câmara de Araripina

UNICLINIC DO ARARIPE

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Brasil tem 828 casos de chikungunya, segundo Ministério da Saúde

Ministério da Saúde divulgou novo balanço da doença nesta quarta-feira.
Bahia e Amapá e Minas Gerais têm casos de transmissão interna.

Vírus chikungunya é transmitido por mosquitos Aedes aegypty (no alto) e Aedes albopictus (Foto: Douglas Aby Saber/Fotoarena-AFP Photo/EID Mediterranee)Vírus chikungunya é transmitido por mosquitos
Aedes aegypti (no alto) e Aedes albopictus
(Foto: Douglas Aby Saber/Fotoarena-AFP Photo/
EID Mediterranee)
Até o dia 25 de outubro, 828 casos de infecção pelo vírus chikungunya foram diagnosticados no Brasil. Do total, 299 foram transmitidos dentro do próprio país (casos autóctones). Outros 39 casos foram importados, ou seja, os pacientes foram infectados durante viagens a outros países. A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (29). Nas últimas duas semanas, houve um aumento de 491 casos.
Houve 458 casos de transmissão interna na Bahia, 330 no Amapá e 1 em Minas Gerais. Quanto aos casos importados, foram registrados 17 em São Paulo, 4 no Ceará, 3 no Rio de Janeiro e mais 3 em Roraima. Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal registraram dois casos, cada. Amazonas, Amapá, Goiás, Maranhão, Minas Gerais e Pará tiveram apenas uma notificação de caso importado.
Do total de casos, 155 foram confirmados por exame laboratorial e 673 por critério clínico-epidemiológico. De acordo com o Ministério, quando há transmissão intensa em determinada região, o diagnóstico pode ser feito pela observação dos sintomas, caso o paciente tenha tido contato com outras pessoas infectadas.
 Entenda o vírus
A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa "aqueles que se dobram", em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa.
Em compensação, comparado com a dengue, o novo vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, ela pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Como as pessoas pegam o vírus?
Por ser transmitido pelo mesmo vetor da dengue, o mosquito Aedes aegypti, e também pelo mosquito Aedes albopictus, a infecção pelo chikungunya segue os mesmos padrões sazonais da dengue, de acordo com o infectologista Pedro Tauil, do Comitê de Doenças Emergentes da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).
O risco aumenta, portanto, em épocas de calor e chuva, mais propícias à reprodução dos insetos. Eles também picam principalmente durante o dia. A principal diferença de transmissão em relação à dengue é que o Aedes albopictus também pode ser encontrado em áreas rurais, não apenas em cidades.
 O chikungunya tem subtipos diferentes, como a dengue?
Diferentemente da dengue, que tem quatro subtipos, o chikungunya é único. Uma vez que a pessoa é infectada e se recupera, ela se torna imune à doença. Quem já pegou dengue não está nem menos nem mais vulnerável ao chikungunya: apesar dos sintomas parecidos e da forma de transmissão similar, tratam-se de vírus diferentes.
Quais são os sintomas?
Entre quatro e oito dias após a picada do mosquito infectado, o paciente apresenta febre repentina acompanhada de dores nas articulações. Outros sintomas, como dor de cabeça, dor muscular, náusea e manchas avermelhadas na pele, fazem com que o quadro seja parecido com o da dengue. A principal diferença são as intensas dores articulares.
Em média, os sintomas duram entre 10 e 15 dias, desaparecendo em seguida. Em alguns casos, porém, as dores articulares podem permanecer por meses e até anos. De acordo com a OMS, complicações graves são incomuns. Em casos mais raros, há relatos de complicações cardíacas e neurológicas, principalmente em pacientes idosos. Com frequência, os sintomas são tão brandos que a infecção não chega a ser identificada, ou é erroneamente diagnosticada como dengue.
Segundo Barbosa, é importante observar que o chikungunya é "muito menos severo que a dengue, em termos de produzir casos graves e hospitalização".
Tem tratamento?
Não há um tratamento capaz de curar a infecção, nem vacinas voltadas para preveni-la. O tratamento é paliativo, com uso de antipiréticos e analgésicos para aliviar os sintomas. Se as dores articulares permanecerem por muito tempo e forem dolorosas demais, uma opção terapêutica é o uso de corticoides.
De acordo com Tauil, da SBI, os serviços de saúde brasileiros já estão preparados para identificar a doença. "Provavelmente quem vai receber esses casos são reumatologistas. Já escrevemos artigos voltados para esses profissionais, orientando-os a ficar atentos a pessoas provenientes de áreas em que há transmissão", diz o infectologista. Pessoas que apresentarem os sintomas citados e estiverem voltando de áreas onde existe a transmissão do vírus, como o Caribe, devem comunicar o médico.
Apesar de haver poucos riscos de formas hemorrágicas da infecção por chikungunya, recomenda-se evitar medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (aspirina) nos primeiros dias de sintomas, antes da obtenção do diagnóstico definitivo.
Como se prevenir?
Sobre a prevenção, valem as mesmas regras aplicadas à dengue: ela é feita por meio do controle dos mosquitos que transmitem o vírus.
Portanto, evitar água parada, que os insetos usam para se reproduzir, é a principal medida. Em casos específicos de surtos, o uso de inseticidas e telas protetoras nas janelas das casas também pode ser aconselhado.
Que medidas preventivas o governo brasileiro adotou?
Desde o ano passado, quando foram confirmados os primeiros casos de chikungunya no Caribe, o Ministério da Saúde começou a elaborar um plano de contingência do vírus para o Brasil. "Existe a possibilidade de transmissão em todo local que há mosquitos vetores", explica o secretário Barbosa.
O plano consiste em promover uma redução drástica da população de mosquitos nos arredores de onde os casos são identificados e orientar médicos, assistentes e profissionais de laboratórios de referência sobre como reconhecer um caso suspeito. Atualmente, seis laboratórios do país são capazes de fazer o teste para detectar o novo vírus.
Em 2010, o Brasil já tinha recebido três casos da doença do exterior: dois surfistas que foram infectados na Indonésia e uma missionária, na Índia.

PM do RJ confirma desaparecimento de 28 armas do Batalhão de Choque

Corporação constatou a falta de 23 pistolas calibre 40 e de outras 5 armas.
Equipe que estava de serviço na unidade foi presa administrativamente.

A Polícia Militar Judiciária investiga o paradeiro de 28 armas que desapareceram do Centro de Manutenção de Materiais (CMM), localizado dentro do Batalhão de Choque. Conforme informou a Globo News, durante a tarde desta quarta-feira (29), era feita perícia na unidade e carros particulares e da corporação eram submetidos a vistoria para tentar localizar o armamento.
De acordo com a PM, após conferir o armamento no CMM, foi constata a falta de 23 pistolas calibre 40, além de outras cinco armas particulares de policiais da unidade. A área onde fica o armamento foi isolada para perícia e a equipe que estava trabalhando na madrugada foi presa preventivamente. A corporação não informou quantos policiais formavam a equipe.

Em nota, a PM esclareceu que o desaparecimento das armas foi observado às 6h desta quarta-feira. Logo em seguida, foram acionados o Centro de Criminalística da Polícia Militar (CECRIM) e a Delegacia de Polícia Militar Judiciária.

CCJ do Senado aprova importação de produtos derivados da maconha para uso medicinal

roça maconha 300x225 CCJ do Senado aprova importação de produtos derivados da maconha para uso medicinal  A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (29) duas novidades na Lei de Drogas: a importação legal de produtos derivados de maconha para uso medicinal e a definição de uma quantidade mínima para diferenciar usuário e traficante. As mudanças foram apresentadas pelo senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) e ainda dependem da aprovação de outras quatro comissões de senadores para serem colocadas em votação no plenário da Casa para virar lei nacional.
O senador defendeu a liberação de derivados de Cannabis – o princípio ativo da maconha – para fins terapêuticos como uma tendência médica já reconhecida pelo Poder Judiciário, que tem dado ganho de causa a pacientes que processam o Estado para tratamento de doenças. “Optamos por seguir a tendência que já vem sendo encampada pelo Judiciário, que é de permitir a importação de ‘canabinoides’ para uso medicinal, em casos específicos de certas doenças graves“, disse.
A importação de remédio à base de maconha foi discutido em uma série de seminários promovidos pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado. A regulamentação dos medicamentos, contudo, caso aprovada a importação pelo plenário, deverá ser regulamentada pelo Ministério da Saúde. A abertura legal também vai permitir que os medicamentos possam ser produzidos no País.
Usuário e traficante
A definição de uma quantidade mínima para diferenciar usuário e traficante ainda será debatida. O critério adotado foi de cinco dias de consumo por pessoa, sem definir valores. Os senadores concordaram que a proposta era importante para diferenciar juridicamente consumidor e traficante. O tema foi incluído por Valadares para acompanhar sugestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O ex-presidente sugeriu dez dias de consumo individual, conforme prevê a legislação de Portugal. (Fonte: Estadão/foto: arquivo Blog )

Reforma política: veja o que pode mudar ou não o quadro

 O que mudaria na vida dos brasileiros se fosse feita uma reforma política? O assunto entrou em pauta assim que a presidenta Dilma Rousseff discursou logo após a sua reeleição ser confirmada neste domingo. “[Durante a campanha], a palavra mais dita, mais falada, mais dominante foi mudança. O tema mais amplamente evocado foi reforma. A primeira e mais importante deve ser a reforma política”, afirmou. O caminho para efetivá-la seria realizar uma consulta popular.
O debate é cascudo e parece distante da população em geral. Mas, dependendo da proposta aprovada, pode colocar fim à reeleição, mudar a forma como os deputados e vereadores são eleitos e determinar o final do financiamento de campanha feito por empresas privadas, que abre brecha para a corrupção.  (Do El País - Marina Rossi)

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Prefeito de Araripina envia mensagem de reconhecimento e agradecimento aos servidores


Carreta tomba e incêndio destrói 10 carros de luxo avaliados em R$ 1 mi

Acidente ocorreu no Km 486 da Rodovia Régis Bittencourt.
Motorista afirma que perdeu o controle da direção.

Carreta tombou e carros de luxo foram destruídos em Cajati, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Carreta tombou e carros de luxo foram destruídos em Cajati, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Uma carreta que transportava 10 carros de luxo, avaliados em mais de R$ 1 milhão, pegou fogo nesta terça-feira (28) na Rodovia Régis Bittencourt, na altura do município de Cajati, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo. Os veículos ficaram destruídos e a pista permaneceu fechada por algumas horas. Ninguém se feriu no acidente.
A carreta cegonha, que carregava dez veículos, tombou e pegou fogo no Km 486 da rodovia nesta terça-feira (28). As chamas atingiram a cabine do caminhão e os carros, que estavam sendo transportados para Porto Alegre (RS). O motorista afirmou às autoridades que atenderam a ocorrência ter perdido o controle da direção perto da praça de pedágio.

Os veículos incendiados foram levados para o pátio de uma das bases da concessionária que administra a rodovia. Funcionários da empresa fizeram a limpeza da pista. Enquanto o trecho estava fechado, houve um congestionamento de dez quilômetros. No entanto, alguns motoristas resolveram não esperar e se arriscaram, seguindo viagem pelo acostamento.
Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, andar pelo acostamento é uma infração gravíssima, punida com sete pontos na carteira do motorista e multa de R$ 574.
Carros de luxo ficaram destruídos com acidente no Vale do Ribeira (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Carros de luxo ficaram destruídos com acidente no Vale do Ribeira (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Carreta ficou destruída após tombar em rodovia de Cajati (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Carreta ficou destruída após tombar em rodovia de Cajati (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Uma forte fumaça preta pôde ser vista após acidente em Cajati, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Uma forte fumaça preta pôde ser vista após acidente em Cajati, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Carros de luxo pegaram fogo após queda de carreta em Cajati, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Carros de luxo pegaram fogo após queda de carreta em Cajati, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

Memória de Eduardo reverenciada ontem na Assembleia

Viúva Renata Campos agradece em nome da família a homenagem ao ex-governador (Expedito Lima/Folha de Pernambuco)
Do Diario de Pernambuco Thiago Neuenschder
Pouco mais de dois meses após a tragédia e terminado o processo eleitoral no país, deputados estaduais decidiram prestar uma homenagem ao ex-governador Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em agosto. O ato solene aconteceu na noite de ontem, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, com a presença da mãe de Eduardo, a ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, do irmão Antônio Campos, da ex-primeira-dama, Renata Campos e de quatro dos cinco filhos do casal. Além de deputados, também estiveram presentes representantes do Executivo e do Judiciário.

Durante a sessão, o presidente da Casa, o deputado Guilherme Uchoa, entregou uma placa à família, pelos serviços prestados pelo ex-governador aos pernambucanos. Emocionada, Renata Campos agradeceu em nome dela e dos filhos à generosidade do povo pernambucano por ter estendido as mãos no momento de dor. Afirmou saber que o ex-governador fez “grandes amigos” na Assembleia, que o ajudaram a consturir um estado melhor. “Poucos duvidam que o governo de Eduardo legou ao povo um estado melhor para se viver”, destacou.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Homem matou gato, cachorro, passarinho e planejava matar a esposa por ter votado na Dilma em Jacobina

Na tarde deste domingo, 26/10, foi apresentado ao delegado plantonista Dr Cleber Azevedo a pessoa de Edvaldo Santos Moreira, 39 anos, acusado de ter matado um cachorro, um gato e dois passarinhos no Assentamento Alagoinha em Lages do Batata.

Segundo informações, Edvaldo não queria que a sua mulher fosse votar em Dilma e a ameaçou de morte, caso a mesma viajasse para votar em Jacobina.

Ainda de acordo com informações, Edvaldo havia batido na esposa antes dela sair para ir votar, dizendo que nunca seria preso, pois faz hemodiálise a cada dois dias e a Polícia não iria querer ter tanto trabalho de leva-lo para a clínica.

A mulher decidida viajou para votar e ao retornar encontrou seu filho que lhe avisou que não entrasse em casa, pois seu pai planejava mata-la e, já havia matado o cachorro, o gato e dois passarinhos, além de ter quebrado a TV.

A mulher então retornou para Jacobina, onde esteve na Polícia Civil e comunicou o fato.  Policiais civis se dirigiram para Lages e no Assentamento Alagoinha confirmaram as informações, conduzindo Edvaldo com uma espingarda bate bucha municiada.

Edvaldo foi autuado em flagrante sendo apresentado e enquadrado pelo delegado plantonista Dr Cleber por crime ambiental, lei Maria da Penha e porte ilegal de arma, ficando preso a disposição da justiça.
Fonte : Augusto Urgente!





Moradores de Tobias Barreto tentam adivinhar quem ganhou na Mega-Sena

Aposta da cidade ganhou sozinha mais de R$ 61 milhões no sábado (25).
Algumas pessoas acreditam que vendedor ambulante levou a bolada.

O dono da aposta premiada do concurso 1.647 da Mega-Sena realizado no sábado (25), e que levou sozinho a quantia de mais de R$ 61 milhões, ainda não se apresentou a nenhuma agência da Caixa Econômica Federal para receber o prêmio, segundo informações da assessoria de imprensa do banco. A aposta foi realizada na cidade de Tobias Barreto, a 127 Km de Aracaju, onde os seguintes números foram sorteados:  12 - 17 - 23 - 38 - 53 - 54.
O único bilhete ganhador fez a aposta em uma Casa Lotérica da cidade de 48 mil habitantes no interior sergipano, no local a notícia de um novo milionário ganhou mais destaque que o resultado das eleições. “Pelo o que estou vendo ninguém faltou ao trabalho, se alguma dessas pessoas ganhou está disfarçando bem”, afirma o comerciante Benivaldo Santana.
A informação de que um vendedor ambulante ganhou o prêmio se espalhou no município. “Eu não conversei com essa pessoa ainda, mas essa pessoa não se encontra na cidade. Essa pessoa morou com uma prima minha e o pessoal da família me disse que ele foi o contemplado”, revela o aposentado Edson Alves.
De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), com o valor do prêmio, o ganhador poderá comprar 50 imóveis de R$ 1,2 milhão cada, ou ainda uma frota de 400 carros de luxo. Se quiser investir, aplicando o prêmio de R$ 60 milhões na poupança, poderá se aposentar com uma renda de R$ 358,5 mil por mês.
 Segundo informou a organizadora da Mega-Sena, outros 259 apostadores acertaram 5 dezenas e faturaram R$ 24,3 mil cada um. A quadra pagará R$ 436 a 20.655 jogadores.
Prêmios de até R$ 1.787 podem ser retirados em qualquer casa lotérica - acima disso apenas nas agências da Caixa Econômica Federal.

Ônibus com adolescentes teve lateral arrancada em acidente com 10 mortos

Colisão entre ônibus e carreta foi na SP-304, em Ibitinga.
Estudantes voltavam de excursão em São Paulo.


Lateral do ônibus foi arrancada em colisão (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)
Lateral do ônibus foi arrancada em colisão (Foto: Divulgação / Portal Ternura FM)
Um grave acidente entre um caminhão e um ônibus deixou ao menos 10 mortos e dezenas de feridos por volta das 23h de segunda-feira (27), em Ibitinga (SP). O acidente foi na Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304). O impacto da batida foi tão grande que a lateral do ônibus foi arrancada e os passageiros – entre eles seis adolescente, entre 15 e 17 anos – foram arremessados para fora do veículo. As vítimas morreram na hora.
De acordo com testemunhas, a carreta, que transportava óleo vegetal, invadiu a pista contrária, provocando o acidente. O motorista do ônibus ainda tentou desviar, mas não conseguiu evitar o acidente. O caminhão pegou fogo após a batida e o incêndio só foi contido duas horas depois, por equipes do Corpo de Bombeiros.
Acidente foi na SP-304, em Borborema (Foto: Editoria de Arte/G1)
O acidente foi em um trecho da rodovia que está em obras.
Os estudantes tinham saído de São Paulo, onde participaram de uma excursão, e seguiam para Borborema.
A Secretaria de Educação de Borborema confirmou a morte das professoras da escola Dom Gastão Liberal Pinto: Márcia Martins de Carvalho Biasotto, Roseneide Aparecida Caseta Montera, Margarete Aparecida Lucas dos Santos e a diretora da escola municipal Ana Rosa: Marisa Aparecida Mansano dos Santos. Os feridos foram encaminhados para os hospitais de Ibitinga e Borborema.
A secretária de Educação, Maria Ângela de Martins, contou que três ônibus participavam da excursão. Dois deles já tinham chegado ao destino final. “Essa empresa de ônibus sempre fazia as viagens [organizadas pelas escolas]”, observou a secretária.
A secretária contou que os feridos mais graves foram levados para um hospital em Ibitinga. Os feridos leves foram para Borborema. “A cidade está procurando dar maior assistência aos familiares, mas é um momento muito difícil”, disse.
Os corpos foram levados para Borborema, onde deve haver um velório coletivo.
Caminhão pegou fogo (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)Caminhão pegou fogo (Foto: Divulgção / Portal Ternura FM)

sábado, 25 de outubro de 2014

Minha Casa, Meu voto

 As inaugurações do programa Minha Casa, Minha Vida se transformaram em uma das principais armas eleitorais da campanha de Dilma Rousseff no segundo turno. Os eventos, com elogios à petista e ao investimento do governo federal em moradia popular, são comandados pelos ministros Gilberto Occhi (Cidades) e Miriam Belchior (Planejamento). Nas últimas três semanas, eles visitaram 21 cidades e entregaram ou assinaram contratos para a construção de mais de 16 mil apartamentos. A informação é de Bernardo Mello Franco, na Folha de S.Paulo deste sábado. Com mais detalhes:
Em Dourados (MS), no dia 18, Occhi deu os créditos à petista. "É mais um programa aprovado pela presidente Dilma e que a Caixa está fazendo."
No dia 29, em Abreu e Lima (PE), Miriam Belchior foi mais direta: "Trago um abraço muito apertado da presidente Dilma Rousseff a todo mundo que está aqui. É muito gratificante pra nós que estamos em Brasília fazendo as coisas andarem".
Após o ato de Dourados, Occhi negou interesse eleitoral à imprensa local: "Seria melhor que as casas já tivessem sido entregues, mas seria muito pior se esperasse a eleição passar para entregar. Isso aqui não tem nada a ver com campanha".
O Ministério do Planejamento diz que "as agendas são realizadas na medida em que empreendimentos ficam prontos". Segundo o Ministério das Cidades, a entrega é feita "de acordo com a conclusão da obra".

Pesquisa aponta Aécio com 9 pontos à frente de Dilma

Pesquisa Sensus que será divulgada nesta sexta-feira (24) pela revista IstoÉ mostra, ao contrário das pesquisas Ibope e Datafolha divulgadas ontem (23), liderança do candidato tucano Aécio Neves, com 54,6% das intenções de votos nos últimos dias do segundo turno da eleição presidencial. Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, aparece com 45,4%. O Sensus foi o único instituto a apontar, na véspera do 1º turno, que Aécio passaria ao 2º turno, e não Marina Silva (PSB). A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições 11,9% do eleitorado ainda está indeciso. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, Aécio tem 48,1% e Dilma,  40%. O Sensus foi o único instituto de pesquisa a acertar o resultado do primeiro turno, que levou o candidato do PSDB à disputa do próximo domingo (26).

Pesquisa espontânea e rejeição

Na votação espontânea, quando nenhum nome é apresentado para o entrevistado, Aécio também está à frente de Dilma: o candidato do PSDB é  citado por 47,8% dos eleitores e a petista por 39,4%. Indecisos e votos em branco são 12,8% e 0,2% ainda citaram outros nomes. O índice de rejeição à candidatura de Dilma Rousseff é elevado: 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam na presidenta de forma alguma. A rejeição contra o tucano Aécio Neves é de 33,7%. Segundo o diretor do Sensus, Ricardo Guedes, explicou à IstoÉ, quanto maior o índice de rejeição, menor a probabilidade de crescimento do candidato.

Últimos levantamentos

No último levantamento Sensus, na sexta (17), o candidato PSDB tinha 56,4% dos votos válidos, contra 43,6% da atual presidente. No dia 11, a vantagem do candidato tucano era maior: 58,8% contra 41,2%, segundo o Instituto Sensus. A margem de erro da pesquisa Sensus é de 2,2 pontos percentuais. O Sensus ouviu 2.000 eleitores em 136 municípios, entre terça e esta sexta-feira (24). O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral como BR-01166/2014. Com informações do Diário do Poder. (Bocão 

Obras da Transposição param por falta de pagamento

         As obras da Transposição do São Francisco no trecho entre Cabrobó (PE) e Penaforte (CE), onde está sendo construído um canal, voltaram a ser paralisadas, ontem, porque a empreiteira Mendes Júnior não está pagando em dia as empresas terceirizadas. Segundo trabalhadores tem empresa terceirizada que não recebe há mais de cinco meses. Já a empresa de alimentação Xiquexique, que cuida das refeições diárias dos trabalhadores, estaria com uma pendência acima de R$ 2 milhões, o que vem refletindo na baixa qualidade nutricional das refeições servidas. “Ontem, serviram cuscuz, macarrão, feijão e um pedaço de frango para o jantar”, disse um dos trabalhadores. “A lei manda que as refeições tenham pelo menos dois tipos de proteína. Pela manhã, estamos comendo pão com margarina no café”, disse um dos trabalhadores. Neste trecho, segundo ele, trabalham, hoje, em torno de 1,5 mil operários. O total já foi bem maior, mas a Mendes Júnior, ainda segundo os trabalhadores, que pediram anonimato para não serem perseguidos, mais de 400 foram demitidos pela empreiteira na semana. “O Governo, devido a campanha, pressionou a Mendes Júnior, que readmitiu”, contou um deles. Os trabalhadores temem, entretanto, que após as eleições, possa ocorrer demissão em massa, principalmente por parte das empresas terceirizadas que não estão tendo mais condições de arcar com as despesas sem receber da Mendes Júnior.

TEM ALGUMA COISA ERRADA ! - Joaquim Barbosa se omite e frustra seus admiradores

 Joaquim Barbosa abandonou o Supremo Tribunal Federal quando mais ele era necessário, para alegria dos mensaleiros – que já voltam para casa. Prometeu um livro revelador, e recuou. Jurou protagonismo na campanha, e se omitiu. De forma vexatória, o “juiz do Brasil” saiu do País pela porta dos fundos para estar no exterior no dia da eleição, sem assumir lado nem sob proteção da cabine indevassável da urna.
Admirado por grande parcela da opinião pública, Joaquim não poderia se esquivar de marcar posição, contra ou favor, Dilma ou Aécio.Joaquim Barbosa ainda tomou lição cívica de garotos como Neymar, que assumem a responsabilidade de líderes, tomando posição firme.
Arredio a entrevistas, até porque nelas raramente se sai bem, Joaquim Barbosa emudeceu até mesmo no Twitter, onde prometeu “bombar”.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

PREFEITURA DE ARARIPINA TRANSFERE DIA DO SERVIDOR PÚBLICO PARA QUINTA-FEIRA (30)

O Prefeito de Araripina, Alexandre Arraes, no uso de suas atribuições legais, especialmente pelo que lhe confere o art. 61 V, da Lei Orgânica Municipal e, considerando que o dia 28 de outubro é consagrado ao Servidor Público do qual tradicionalmente a cada ano é celebrado no município de Araripina.
Considerando a importância de homenagear os servidores que se dedicam em desempenhar suas funções em prol da melhoria dos serviços públicos prestados à comunidade, o executivo municipal assina decreto, mantendo o dia do Servidor Público e declara este ano sua mudança do dia 28 de outubro de 2014 para o dia 31 de outubro de 2014 e que durante o mesmo funcionarão apenas os serviços emergenciais para atender as demandas da população.
ASCOM - ARARIPINA

Araripina investe no esporte e educação com o programa Atleta nas Escolas

Cerca de 52 escolas da rede municipal de ensino de Araripina participaram durante esta semana da realização da 1ª Etapa Esportiva Escolar. As provas fazem parte do programa "Atleta na Escola", que disponibiliza várias modalidades para serem executadas ao exemplo de salto a distancia, corrida de resistência, velocidade, entre outras.
O programa é uma proposta da Prefeitura de Araripina, Secretaria de Educação do município através do Governo Federal. Uma parceria que tem o objetivo a democratização do acesso ao esporte, o incentivo da prática esportiva na escola e a identificação e orientação dos talentos escolares.
ASCOM - ARARIPINA