terça-feira, 10 de julho de 2018

O prende-solta Lula: um puxão de orelhas em todos

O corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, deu sinais de que vai instaurar pedidos de providências contra todos os magistrados envolvidos na rumorosa guerra de liminares sobre a soltura de Lula, no domingo (8).
Pelo que Noronha indicou, até o presidente do TRF-4, Thompson Flores, seria provocado a se manifestar. Em privado, o corregedor fez duras críticas à atuação dos juízes que se posicionaram no domingo.
Apesar do gesto de Noronha, advogados de réus da Lava Jato julgam remotas as chances de Sergio Moro ou mesmo Rogério Favreto sofrerem algum tipo de sanção no CNJ. No máximo, apostam, poderão ser alvo de reprimendas leves.


Criminalistas que auxiliam o PT estudam a possibilidade de questionar diretamente no Supremo a atuação dos três juízes que conseguiram barrar a decisão de libertar Lula: Moro, João Pedro Gebran Neto e Thompson Flores.(Folha Painel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário