quarta-feira, 30 de maio de 2018

Ainda Temer e o Porto de Santos

TCU fará devassa em contratos da Codesp com Rodrimar
Coluna do Estadão – Andreza Matais
O presidente Michel Temer abriu espaço na agenda ontem para tratar com seu advogado, Antonio Mariz, sobre o Inquérito dos Portos. A informação foi revelada pelo G1. A assessoria do Planalto disse que não acompanhou o presidente no aeroporto, onde ele teria se reunido com a defesa.
Os auditores do Tribunal de Contas da União em São Paulo foram autorizados a fazer uma devassa em todos os contratos da empresa Rodrimar com a Companhia Docas de São Paulo (Codesp). A fiscalização terá como foco atos de gestão do Porto de Santos. A ação correrá em paralelo à Operação Skala, que investiga se um decreto assinado pelo presidente Michel Temer beneficiou a empresa privada em troca de propina. Relatórios de outras investigações do TCU sobre o decreto já foram compartilhados com o delegado Cleyber Malta Lopes.
A “auditoria de conformidade”, nome técnico para a devassa que será feita nos contratos da Rodrimar com a Codesp, foi autorizada pelos ministros do TCU na semana passada e corre em sigilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário